Como sabemos, tomar decisões de investimentos é crucial para alcançar os objetivos financeiros. No entanto, fazer escolhas certas requer análise e preparo. E com tantas opções disponíveis no mercado é fundamental buscar informações para decidir da forma mais assertiva e estratégica possível.

O que torna esse tipo de decisão tão crucial, não é o fato de projetar o retorno do investimento sob qualquer conjunto de premissas. A dificuldade está nas premissas e no impacto delas. Cada suposição envolve seu próprio grau de incerteza, como o risco, por exemplo.

Para compreender melhor, vamos falar sobre decisões de investimento e te ensinar como analisar e ser bem-sucedido na hora de fazer sua escolha de onde investir.

Antes, que tal conhecer um pouco mais sobre o universo dos investimentos e o crowdfunding imobiliário. Acesse nosso material completo aqui.

crowdfunding de investimentos

O que são as decisões de investimento?

A análise de investimento tem como premissa o princípio de que a rentabilidade do capital é medida pela taxa de retorno que esperamos receber em algum período futuro. Por exemplo, se você investe em ações hoje, o dinheiro recebido no próximo ano provavelmente valerá menos do que o dia em que foi investido.

Despesas daqui a três anos, por exemplo, são mais baratas do que despesas de igual proporção daqui a dois anos. Por essa razão não podemos calcular a taxa de retorno de forma realista, a menos que levemos em consideração:

  • quando as somas envolvidas em um investimento são gastas;
  • quando os retornos são recebidos.

Entenda melhor como fazer a análise de um investimento

A análise de investimento é definida como o processo de avaliação de um investimento quanto à lucratividade e risco. Ela consiste na aplicação de técnicas financeiras e contábeis para determinar qual investimento é mais favorável para você, investidor.

Utilizar-se deste método de decisão permite identificar qual investimento terá mais rentabilidade. Assim, você consegue se nortear para os próximos passos para investir de forma assertiva.

Em última análise, tem o objetivo de medir como um determinado investimento é bom para o portfólio. Além disso, pode variar desde um único título em uma carteira pessoal, até o investimento de uma empresa, e até mesmo projetos imobiliários de grande escala.

A análise de investimento representa o processo de julgar um investimento quanto à receita, risco e valor de revenda. E ela é importante para quem está considerando um investimento, independentemente do tipo.

 Risco

O primeiro fator avaliado em qualquer análise de investimento é o risco. Isso quer dizer que se o risco do investimento for muito grande, a perda é bem provável. Nesse caso, os fluxos de caixa e o valor de revenda geralmente não importam porque o investimento não vale nada. Para avaliar o risco, basta usar uma variação da seguinte fórmula:

Taxa de ocorrência x impacto do evento = Risco

Como o risco não é um fator definitivo, é preciso avaliar todos os fatores relacionados ao investimento.

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um dos métodos de reembolso de um investimento. Por isso, devem ser considerados na hora de tomar decisões de investimento.

Eles podem ocorrer na forma de dividendos de ações negociadas publicamente, pagamentos de juros sobre títulos ou até mesmo fluxo de caixa livre que pode ser distribuído aos investidores em uma pequena empresa (novamente, na forma de dividendos).

Portanto, é importante que o investidor avalie os fluxos de caixa para ver se eles reembolsam o investimento ao mesmo tempo que reembolsam o valor assumido do risco do investimento.

Seja como for o método de avaliação, ignorar a análise dos fluxos de caixa é um caminho rápido para a perda de capital de investimento. Atente-se!

Lucro com a revenda

O lucro com a revenda é obtido por meio do ganho do valor de mercado do ativo. Quando o ativo é vendido a outro investidor por um valor superior ao preço de compra original, ocorre o lucro do valor de revenda. 

No processo de análise de investimento um investidor deve medir a taxa de crescimento esperada do ativo para certificar-se de que o valor deste e de quaisquer fluxos de caixa associados sejam maiores do que a perda de investimento e o valor estimado do risco do investimento.

 É importante ressaltar que os métodos de análise de investimento são aplicáveis ​​ a qualquer investimento:

  • ações na Bolsa de Valores;
  • títulos do tesouro,;
  • CDB;
  • Fundos;
  • até negociação de moedas, entre outros.

Embora cada tipo de investimento tenha um método específico para análise de investimento cada um exige isso, para que o investidor tenha certeza de que o risco vale a recompensa. Contudo, embora o investimento para decisões imobiliárias seja diferente das de uma ação, o conceito básico é o mesmo.

Você sabe o que é volatilidade no mercado financeiro e como ela impacta os investimentos?

O que levar em conta ao analisar um investimento?

As decisões de investimento consistem na utilização de métodos de avaliação econômico-financeira, a fim de apurar os resultados das aplicações de capital.

Dessa forma, é importante levar em conta algumas variáveis envolvidas na tomada de decisão de investimentos, como taxa de retorno de investimento (payback), valor presente líquido (VPL) e taxa interna de retorno (TIR).

O que é Payback?

Payback é o tempo que uma empresa levará para recuperar um investimento. A fórmula para calcular o payback é a seguinte:

Período de retorno = investimento / fluxo de caixa líquido anual. (a resposta é expressa em anos). 

A equação acima só funciona quando o fluxo de caixa anual esperado do investimento é o mesmo de ano para ano.

Vale lembrar que o payback mais curto é geralmente considerado o mais aceitável. Essa é uma excelente regra a ser seguida, principalmente quando uma empresa ou investidor está decidindo entre um ou mais produtos ou investimentos. A razão é que, quanto mais tempo o dinheiro fica preso, menos oportunidade há de investi-lo em outro lugar.

Uma das principais vantagens do payback é a comparação de riscos. Ao calcular o tempo em que você pode obter seu dinheiro de volta em um projeto ou investimento, a comparação de riscos pode comparar esse número com outros produtos para ver qual deles envolve menos risco. Sendo assim, quanto mais tempo um ativo leva para pagar seu investimento, maior é o risco que o investidor assume.

Valor presente líquido (VPL)

Valor presente líquido (VPL) é o valor de todos os fluxos de caixa futuros (positivos e negativos) ao longo de toda a vida de um investimento descontado até o presente. Esse conceito também é conhecido como Valor Atual Líquido (VAL) ou método do valor atual.

A análise de (VPL) é uma forma de avaliação intrínseca e é amplamente usada em finanças e contabilidade para determinar o valor de um negócio, segurança de investimento, projeto de capital, novo empreendimento, programa de redução de custos e qualquer coisa que envolva fluxo de caixa.

O cálculo do valor presente líquido requer três coisas:

  • fluxo de fluxos de caixa futuros (entradas ou saídas);
  • uma taxa de desconto;
  • o valor do investimento inicial. 

Tudo o que precisamos fazer é descontar os fluxos de caixa futuros ao valor presente usando a taxa de desconto apropriada e deduzir o investimento inicial do total de todos os valores presentes obtidos após o desconto.

Por que usar a análise do valor presente líquido?

A análise de VPL é usada para ajudar a determinar quanto vale um investimento, projeto ou qualquer série de fluxos de caixa.

Imagino que você deve ter observado que é um pouco mais complexo fazer essa fórmula, não é mesmo?  É que estamos falando de um conceito utilizado por contadores e investidores mais avançados no mercado financeiro, e o VPL é usado como um estudo de viabilidade econômica. Portanto, para calcular o VPL é necessário usar o Excel ou uma calculadora financeira.

A VPL é uma métrica abrangente, pois leva em consideração todas as receitas, despesas e custos de capital associados a um investimento em seu Fluxo de caixa livre. Além de contabilizar todas as receitas e custos, também leva em consideração o momento de cada fluxo de caixa que pode resultar em um grande impacto no valor presente de um investimento.

Para conhecimento da fórmula do Valor presente líquido

Use a seguinte fórmula para calcular o valor presente líquido de um projeto:

VPL = [Fluxo de caixa 1 / (1 + r) + Fluxo de caixa 2 / (1 + r) 2 + …] – X

Onde:

Fluxo de caixa x = O fluxo de caixa do projeto esperado para cada período (mês, ano, etc.)

r = Taxa de retorno exigida, também conhecida como taxa de desconto.

X = investimento inicial do projeto.

Taxa interna de retorno (TIR)

A taxa interna de retorno é uma forma de expressar o valor de um projeto em uma porcentagem em vez de um valor em reais. 

Na linguagem das finanças, a taxa interna de retorno é a taxa de desconto ou o custo de capital da empresa, que faz com que o valor presente das entradas de caixa do projeto seja igual ao investimento inicial. 

Isso é como uma análise de ponto de equilíbrio, trazendo o valor presente líquido do projeto a zero. Em outras palavras, a taxa interna de retorno é uma estimativa da taxa de retorno do projeto. A taxa interna de retorno (TIR) é uma métrica mais difícil de calcular do que o valor presente líquido (VPL).  

A análise a ser feita é a seguinte: se a TIR for maior do que a taxa de remuneração desejada, o investimento trará lucratividade.Do contrário, se o TIR for menor do que a taxa fixada, o projeto não será lucrativo.

Conclusão

Como dissemos anteriormente, conhecer as variáveis possíveis é necessário para tomar decisões mais certeiras. 

Os investidores que desejam se aventurar no mercado de ações devem ter uma estratégia definida. Dessa forma, é possível montar um portfólio estratégico, definindo opções de investimentos especificando objetivos financeiros, com prazos definidos.

Portanto, para se montar uma carteira de investimentos é necessário ter uma estratégia estabelecida e, é claro, segui-la.

Sabemos que decidir em quais ativos investir não é algo fácil, uma vez que exige conhecimento, planejamento análise de riscos etc. Por isso, nós da INCO Investimentos preparamos materiais que possam te orientar na tomada de decisões. 

Quer conhecer mais? Comece fazendo o curso gratuito de planejamento financeiro feito para você. Basta acessar aqui e mergulhar no universo dos investimentos. 

CURSO PLANEJAMENTO FINANCEIRO INCO

Publicações relacionadas