Saber como aumentar a rentabilidade dos investimentos é uma tarefa crucial para garantir sua independência financeira.

Para chegar a essa independência é preciso conhecer algumas dicas que irão te ajudar a acumular patrimônio, fazer investimentos e, é claro, deixar o dinheiro trabalhar para você. 

Antes de mais nada é necessário esclarecer que, todo investidor deve buscar estudar sobre o mercado financeiro e entender como funciona a inflação. Isso porque a inflação é o termômetro da economia, ou seja, ela é um indicador de como está a economia do país.

Você não precisa virar um especialista em inflação ou mercado financeiro, mas sem conhecimento nessas áreas qualquer tipo de decisão será considerada um tiro no escuro. 

Existem, no entanto, várias estratégias que podem ajudar a tornar seus investimentos mais rentáveis. Para te ajudar, no artigo de hoje vamos te ensinar como aumentar a rentabilidade dos investimentos com dicas práticas. 

Aproveite para conhecer mais sobre como planejar suas finanças neste curso gratuito. Clique aqui.

CURSO PLANEJAMENTO FINANCEIRO INCO

O que é rentabilidade?

Você tem um objetivo ao investir: ganhar dinheiro. E todo investidor deve saber como ganhar o máximo de dinheiro possível, sim. É por isso que você deve ter pelo menos uma ideia geral de que tipo de retorno pode obter antes de fazer seu investimento.

O indicador financeiro que retrata a rentabilidade é o ROI (retorno sobre o investimento), que é um índice de lucratividade comumente usado para medir a quantidade de retorno, ou lucro, que um investimento gera em relação aos seus custos.

Continue a leitura e descubra 7 dicas para melhorar sua rentabilidade.

#Dica 1: Conheça seu perfil de investidor

Aqui na Inco gostamos de enfatizar aos investidores que, antes de tomar qualquer decisão na escolha do investimento, é importante conhecer qual é o seu perfil de investidor.

A questão é que o mercado financeiro pode subir e descer e as decisões de investimento giram em torno da negociação de risco/retorno que você está disposto a assumir.

Por isso, antes de investir, é importante compreender o seu perfil que vai te ajudar a definir os objetivos financeiros e atitudes em relação ao risco e horizonte de tempo, além de ajudá-lo a determinar quais investimentos são adequados para você.

Em termos gerais, seu perfil define o nível de risco que você está disposto a correr. Por exemplo, se você precisa proteger seu dinheiro e tem um horizonte de tempo mais curto, você pode seguir um portfólio mais conservador.

Agora, se você tem um horizonte de tempo mais longo e está focado em fazer seu dinheiro crescer, você pode seguir um portfólio baseado em investimentos para um perfil mais agressivo.

Descubra se você tem o perfil arrojado e aprenda quais os melhores tipos de investimentos para você. Clique aqui.

#Dica 2: Não foque só na rentabilidade

Pode parecer contraditório este título já que a intenção deste artigo é exatamente te ensinar a aumentar a rentabilidade, não é? Entretanto, é bom entender que há fatores além de rentabilidade. 

Para começar a investir, primeiro se escolhe pelo objetivo ou melhor o destino que você quer dar a seu dinheiro, não pela rentabilidade nominal. Um exemplo simples é pensar que a curto prazo, investir em ações pode ser ruim se eu quero retorno rápido, mas se o que está gerando uma boa rentabilidade no momento é este tipo de aplicação, você deve considerar para ampliar seu portfólio.

Definição também se você é um investidor com uma tolerância muito baixa ao risco. Entender se você é capaz de tolerar quaisquer perdas de investimentos ajuda a proteger seu capital.

Conheça mais sobre quais são os tipos de investimento mais adequados para seus objetivos. Acesse o Ebook aqui!

#Dica 3: Considere a inflação

A inflação é uma força propulsora da economia que afeta a vida de todos – mesmo que nem sempre tenhamos consciência disso. Quando os preços sobem muito, por exemplo, mas o salário não, as pessoas veem um efeito negativo em seu poder de compra e qualidade de vida. Essa é a forma mais imediata pela qual a inflação afeta a todos nós.

No entanto, é importante ressaltar que a inflação nem sempre é uma vilã. Na verdade, uma economia estável precisa de um nível de inflação estável. 

Os economistas entendem que, embora a inflação alta seja um perigo real, a inflação baixa também é perigosa. Assim como a inflação alta pode levar a taxas de juros altas, a inflação baixa pode levar a taxas de juros baixas.

Considere este exemplo prático sobre a importância da inflação na rentabilidade dos seus investimentos: ao depositar seus recursos em um investimento que lhe entregue uma taxa de 6% ao ano, e a inflação acumulada no mesmo período for de 3%, seu retorno real será também de 3% ao ano.

Do contrário, caso a inflação seja maior, o resultado será negativo, pois o dinheiro terá perdido valor, tornando-se sem nenhuma compensação ou rendimento.

#Dica 4: Compreenda o que são os juros compostos

Para tomar qualquer decisão de investimento é necessário analisar o retorno potencial esperado do investimento. Para isso, você deve compreender o funcionamento dos juros compostos para calcular a rentabilidade, pois quase todos os investimentos disponíveis no mercado financeiro funcionam dessa forma.

Mas o que são os juros compostos e como ele pode me ajudar no meu investimento? Saiba neste artigo aqui.

#Dica 5: Aprenda como calcular a rentabilidade de um investimento

A rentabilidade é o percentual de valorização de um investimento, em relação ao montante investido. Sendo assim, calcular a rentabilidade dos investimentos deve fazer parte da rotina de qualquer investidor, mesmo que iniciante.

Para determinar se um retorno ROI é bom, primeiro você precisa saber como calculá-lo. 

A boa notícia é que é um cálculo muito simples:

ROI = (valor final do investimento – valor inicial do investimento) / valor inicial do investimento

O resultado é então apresentado como proporção ou porcentagem.

Suponha que você invista R$ 10.000 em uma ação no início de um ano. No final do ano, seu estoque aumentou o suficiente para direcionar seu investimento geral para R$ 11.000. Qual é o seu ROI?

Vamos inserir os números na fórmula:

ROI = (R$ 11.000- R$ 10.000) / R$ 10.000 = 10%

A rentabilidade sempre será definida como um número percentual, que independe do valor aplicado.

Por que fazer o cálculo da rentabilidade é importante? 

Fazer o cálculo de rentabilidade ajuda o investidor a comparar investimentos de diferentes riscos e retornos e comparar a rentabilidade de um investimento com a inflação do período. Isso te ajuda a descobrir se você está conseguindo manter o seu poder de compra.

#Dica 6: Leve a sério a diversificação de seu portfólio

Todo investidor deve saber a importância da diversificação. O mercado cai muito mais rapidamente do que sobe, o que significa que uma preparação prévia é necessária. E é disso que se trata a diversificação: preparar-se para as mudanças no mercado financeiro.

Não importa o quão bem a sua alocação de ativos esteja indo, certifique-se sempre de manter as porcentagens apropriadas de seu portfólio em investimentos de renda fixa e renda variável. Eles ajudarão a reduzir as perdas que invariavelmente podem ocorrer.

Lembre-se de que minimizar as perdas durante um mercado em baixa é tão importante quanto maximizar seus ganhos em um mercado em alta.

Aprenda aqui como diversificar seus investimentos e mantê-los mais seguros e rentáveis.

#Dica 7: Pense a longo prazo

Provavelmente, a pior ilusão que pode afetar qualquer investidor é a mentalidade de “ficar rico rapidamente”. E durante os mercados em alta pensar isso pode se tornar quase que irresistível.

Afinal, para onde quer que você olhe há um especialista prometendo que você pode dobrar ou triplicar seu dinheiro em pouco tempo, seguindo o plano deles. 

Educar-se neste momento é fundamental para conhecer quais são os ativos que de fato podem te dar mais segurança e rentabilidade, porém, a longo prazo. 

Assim como construir uma carreira ou comprar um apartamento, um investimento bem-sucedido requer tempo e paciência.

Portanto, você deve sempre pensar a longo prazo. Construir um futuro sólido e seguro requer tempo. Quer saber mais como investir e ter rentabilidade 

Conclusão

Vimos que aumentar a rentabilidade aparentemente pode parecer ser uma tarefa complexa. No entanto, conforme você se dedica a estudar e conhecer o mercado financeiro tudo torna-se mais simples e intuitivo.

Conhece o universo imobiliário, mas ainda não sabe por onde começar? Agora é hora de conhecer o crowdfunding imobiliário e aprender como investir com apenas R$1000. Baixe aqui o Ebook completo.

Aproveite e não perca tempo, assine nossa newsletter para continuar recebendo diversos materiais essenciais para você!

crowdfunding-de-investimentos

Publicações relacionadas