Você conhece as características do investidor conservador? Antes de começar a fazer algum investimento é importante saber seu perfil de investidor e quanto risco você pode aceitar, pois assim será possível escolher boas opções de investimentos. 

A exposição ao risco é fator primordial nas decisões de investimentos. Quando se trata de decidir em que investir, tudo se resume a obter a combinação certa de ativos para diversificar seu portfólio de investimento. 

Mas para saber exatamente qual ativo se encaixa no perfil de investidor conservador, vamos conhecer as características desse perfil e te apresentar boas opções de investimento. Boa leitura!

Mas antes, confira aqui como montar o seu planejamento financeiro em um curso gratuito preparado exclusivamente para você.

CURSO PLANEJAMENTO FINANCEIRO INCO

Por que é importante conhecer seu perfil de investidor?

O perfil do investidor é determinado pela preferência do investidor nas decisões de investimento, moldada pela sua capacidade em lidar com o risco para obter um maior retorno. 

Por isso, uma parte importante do processo de planejamento financeiro é entender seu perfil de investidor, pois assim é possível definir a sua capacidade de tolerar os riscos inerentes ao investimento. Isto é, determinar a tolerância ao risco é fundamental ao personalizar uma estratégia de investimento que atenda às necessidades de cada investidor. 

A definição dos perfis está associada ao “tripé de investimentos” que são fatores fundamentais para a avaliação de um investimento. Eles são: a liquidez, segurança e rentabilidade. 

Embora existam muitos termos e subcategorias diferentes utilizados para definir o perfil de risco de um investidor, os três mais comumente conhecidos são os seguintes: o conservador, o moderado e o agressivo.

Conheça a definição de cada um deles:

  1. Investidor agressivo: está disposto a usar estratégias de alto risco na busca por retornos mais elevados. No entanto, um investidor agressivo também deve ser capaz de suportar flutuações substanciais no valor da conta.
  2. Investidor moderado: acredita no equilíbrio dos riscos do portfólio por meio da alocação de ativos e diversificação entre muitos investimentos e estratégias diferentes. Os investidores moderados também diversificam as contas por nível de risco, incluindo algumas opções de risco relativamente baixas junto a algumas opções de risco mais altas.
  3. Investidor conservador: está disposto a aceitar retornos mais baixos para a segurança de seu capital. 

Vamos conhecer mais sobre o perfil do investidor conservador, mas antes entenda o que é risco de investimento. Continue a leitura.

Riscos de investimento

Um dos principais aspectos relacionados ao perfil de investimento é o que cada pessoa pensa sobre os riscos. E encontrar uma aplicação com rendimento alto e risco baixo, apesar de ser o desejo de todo investidor, não é possível, pois sempre haverá um risco, seja de não receber o dinheiro, ou por ter um retorno baixo, etc. O fato é que é preciso levar em conta os riscos na hora de escolher o investimento.

A capacidade de assumir riscos é determinada por:

  • seu horizonte de investimento (quanto mais longo for, mais capacidade você tem de assumir o risco patrimonial);
  • a estabilidade do seu capital de trabalho (quanto mais estável, mais capacidade você tem de assumir riscos);
  • necessidade de liquidez para atender a despesas não planejadas ou de emergência; etc.

A necessidade de assumir riscos é determinada pela taxa de retorno necessária para atingir sua meta financeira (quanto maior a taxa de retorno, maior o risco patrimonial que você deve assumir). 

Antes de prosseguir, descubra quais os investimentos são mais adequados para seu objetivo de vida. Baixe o Ebook aqui.

Conheça as características de um Investidor Conservador 

O investidor conservador como o próprio nome diz é um perfil que prioriza a segurança e não quer arriscar seu capital ou patrimônio, mesmo que isso signifique obter uma rentabilidade menor. Portanto, o perfil conservador não pode ou não deseja que seu capital sofra perdas de qualquer natureza.

Em alguns casos, quando o investidor conservador decide colocar uma pequena parte de seu capital em aplicações um pouco mais arriscadas, ele prefere comprar  ativos financeiros que protejam o capital contra riscos sistêmicos, como problemas na economia.

Como já dissemos em um artigo anterior, é comum que esse tipo de investidor contempla pessoas com mais de 40 anos (que já têm um patrimônio construído e quer mantê-lo), ou um investidor iniciante (que muitas vezes prefere agir com cautela). 

Sendo assim, fazer um investimento conservador é para quem procura reduzir os riscos ao máximo, investindo quase exclusivamente em produtos financeiros adequados ao seu perfil.

O investidor conservador, na maioria dos casos, tem objetivos de curto e médio prazo, como reserva de emergência, economia para viagens que deve acontecer dentro de pouco tempo.

Assim, aplicações em renda fixa estão entre as mais indicadas para investidores com esse perfil. Mas é necessário lembrar que, algumas dessas aplicações possuem prazo definido

de resgate e o investidor deverá levar isso em consideração na hora de construir 

seu portfólio de investimentos.

Conheça boas opções de investimentos para um perfil conservador

Entre as aplicações mais adequadas para o perfil conservador, temos:

CDB: o Certificado de Depósito Bancário, é um título empregado por bancos e instituições financeiras para angariar fundos, os quais são utilizados, posteriormente, para fomentar a distribuição de crédito às famílias e empresas que buscam empréstimos em bancos para financiar novos empreendimentos, comprar propriedades, etc.

LCI e LCA: as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) funcionam da seguinte maneira: empresta-se dinheiro para as instituições financeiras utilizarem no ramo imobiliário ou agropecuário. Em comparação com o CDB, teriam as mesmas características de forma de remuneração, sendo a única diferença a isenção de imposto de renda.

Tesouro Direto: é um programa de investimento em títulos de renda fixa criado pelo Governo Federal. Esse tipo de ativo permite que o investidor saiba qual será a rentabilidade real se mantiver o título até o vencimento.

Debêntures: têm rentabilidade maior quando comparada aos investimentos tradicionais de renda fixa, tornando-se uma boa alternativa de investimento diversificado.

Poupança: é um investimento de baixo risco e alta liquidez, assegurado pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). É disponibilizada à pessoas físicas e jurídicas em contas bancárias, chamadas de conta poupança, que são oferecidas por diversos bancos e instituições financeiras.

Como já dissemos anteriormente, alguns investidores podem  investir uma pequena parcela de seu capital em ações ou fundos de ações, que são opções mais arriscadas.

Agora você sabe o que é o perfil de investidor conservador e que ele tem uma tolerância ao risco que é relativamente baixa.  O investidor conservador é aquele que preserva seus recursos e não assume riscos que comprometam seu patrimônio, perdas e falta de liquidez estão sempre fora de seus planos.

Portanto, os investimentos conservadores são de baixo risco, estáveis e quase não flutuam. As aplicações mais adequadas para esse perfil são os de renda fixa, uma vez que são previsíveis, portanto, o recebimento será sempre no prazo acordado.

Conclusão

Vale destacar aqui que esses investimentos que trouxemos como opções não são as únicas disponíveis no mercado. Portanto, cada investidor deve buscar conhecer mais alternativas para diversificar seu portfólio de investimentos.

E isso quer dizer que você deve investir em um portfólio composto de renda fixa e renda variável, pois isso produz uma rentabilidade ainda mais assegurada e perdas amortecidas. 

Lembre-se que todo investidor precisa estar ciente da importância de uma boa carteira de investimentos.Sendo assim, para o investidor conservador, a diversificação é uma das melhores estratégias para diluição dos riscos, até mesmo na renda fixa, ok? 

Gostou de conhecer esses investimentos para perfil conservador? Então continue seu aprendizado e confira agora as características do perfil moderado e agressivo.

Saiba também que, independente do seu tipo de perfil, fica claro que o mercado financeiro e suas inúmeras possibilidades estão crescendo. Por isso, é importante estar sempre atento às novas possibilidades de investimento, para que você possa aumentar seus ganhos, aproveitar novas oportunidades e se preparar para o futuro.

Portanto, para investir de forma estratégica e alcançar a tão sonhada estabilidade financeira, é preciso que você comece a agir agora! Parece simples, não? E é!!

A partir de R$1000 é possível investir no crowdfunding imobiliário. É só clicar aqui para ter acesso a um ebook completo e aprender tudo sobre o futuro do mercado financeiro! 

Contar com ajuda para manter uma vida financeira mais tranquila é muito importante, principalmente quando decidimos entrar para o mundo do investimento. Por isso, que tal assinar a newsletter da INCO e acompanhar de perto nossos conteúdos? 

como investir 1000 reais


Publicações relacionadas