Durante muito tempo, pensava-se que investimento era um “bicho de sete cabeças”. Muitos acreditavam que nunca iam conseguir investir, tanto porque não tinham conhecimento, como, e, principalmente, porque não tinham muito dinheiro. Mas, cada vez mais essa ideia tem sido desmistificada e hoje as pessoas já entenderam que existem formas de alcançar conhecimento sem muito esforço ou que existem aplicações que não exigem tanto conhecimento. E, mais importante: elas já sabem que há investimentos que não necessitam de grandes aplicações.

Hoje, nós vamos te mostrar que é possível, sim, investir com menos e ainda manter uma boa segurança e rentabilidade. Continue com a gente e descubra como investir com pouco dinheiro.

Perfil de investidor

Antes de descobrir como investir com pouco dinheiro e as dicas que separamos, é importante saber qual é o seu perfil de investidor. Existem pessoas com muito dinheiro, médio e pouco; existem aqueles que querem e podem se arriscar mais, enquanto outros optam por ser bastante conservadores; existem aqueles que procuram por investimentos de renda fixa, enquanto outros procuram por renda variável; também há vários níveis de conhecimento e diversos objetivos e metas. Por isso, cada investidor é de um jeito e podemos separá-los em três grandes grupos. Saber em qual grupo você se encaixa vai te ajudar a ter um “norte” e entender quais caminhos são os melhores e mais adequados.

Conservador

O perfil conservador tem a segurança como sua prioridade. Ele procura não se arriscar e gosta mais de rendimentos com liquidez diária e renda fixa. Em geral, pessoas deste perfil estão começando a investir e não se sentem tão seguros ou já têm seu patrimônio construído e desejam conservá-lo. No entanto, apesar da segurança, um dos problemas do perfil conservador é que ele deixa passar oportunidades financeiras por causa do medo que possui.

Moderado

Este perfil está entre os conservadores e os arrojados. Embora ele ainda valorize a segurança, já tolera riscos a longo prazo. De qualquer forma, apesar de acabar escolhendo algumas opções mais arriscadas, ele avalia muito bem a situação. Uma de suas principais características é a versatilidade, pois tende a aproveitar o melhor de cada investimento: segurança e bom rendimento. Além disso, este perfil conhece melhor o mercado e, em geral, seu patrimônio está em crescimento. O moderado equilibra rentabilidade e risco.

Arrojado

O perfil arrojado quase não teme. Para ele, as perdas de curto prazo fazem parte do negócio e são momentâneas, além de serem necessárias para conseguir bons lucros a longo prazo. Em geral, este perfil está em busca de aumentar seu patrimônio para cumprir alguns objetivos. O arrojado tem uma boa base de conhecimento em mercado e se põe em risco em busca de maiores rentabilidades. Ainda assim, ele não corre riscos à toa, tendo concentração e estratégias.

3 dicas de como investir com pouco dinheiro

Tenha metas de curto, médio e longo prazo

Algo que é bastante reforçado no mundo financeiro é a importância de ter metas. Quem tem objetivos sabe onde quer chegar e consegue traçar um bom caminho. Importante frisar que não é só para pensar em suas metas; anote, coloque em um caderno ou no bloco de notas do celular. Não importa qual é sua meta, escreva. Quando você deixa de anotar, você se esquece, muda de ideia, não absorve e acaba se desviando do foco. E foco é uma palavra muito importante para quem deseja alcançar a estabilidade financeira.

Sabia que os investimentos variam de acordo com seus objetivos de vida? Quer saber mais sobre isso? É só acessar o material que preparamos para você.

investimentos para cada objetivo de vida

Planeje seus gastos

Não adianta nada ficar reclamando que não sobra dinheiro, porque, na realidade, nunca vai sobrar mesmo. Se você ficar esperando sobrar dinheiro para começar a investir, você vai esperar para sempre. O correto a se fazer, de acordo com os padrões de quem segue uma boa educação financeira, é separar dinheiro todo mês. Encare seus investimentos como uma de suas despesas. Assim como você paga aluguel, deve pagar “investimento X”. Além disso, se seu padrão atual de vida não permite que você consiga separar esse dinheiro, mude o padrão. Corte gastos desnecessários, deixe de sair alguns finais de semana e faça seu dinheiro render. 

Você pode estar se perguntando: “eu preciso abrir mão de tudo?”. A resposta, obviamente, é “não”! Dá para viver com alguns confortos e ainda fazer dinheiro sobrar. Afinal de contas, não é saudável se privar das coisas no presente pensando apenas no futuro, porque sua vivência de hoje também é extremamente importante. O segredo, então, está no planejamento. Estabeleça metas – como já mencionado – e prioridades. Planeje e não deixe as coisas ao acaso. 

Procure aprender

Não adianta nada ficar sempre repetindo a frase “eu não sei de nada, por isso não consigo”. Aprender não é difícil e você precisa começar o quanto antes. Ao invés de gastar tempo à toa nas redes sociais, que tal usar meia hora pesquisando sobre investimentos e o mercado?

Se você fizer isso com certa frequência, meia horinha e umas três vezes por semana, vai perceber a diferença. Lembrando que, quanto mais conhecimento, melhor você vai conseguir lidar com sua renda e com seus investimentos.

Mas, não espere saber de tudo para começar. Quanto se trata de investimentos, a prática também é importante e não só a teoria. Por isso, não espere mais e comece a investir. 

Se você tem pouco dinheiro, também pode investir. Afinal, é isso que nós viemos te provar hoje; e vamos fazer isso agora. Chegou o momento de finalmente descobrir como investir com pouco dinheiro. Confira as opções seguras e rentáveis que preparamos para você.

Dicas de como investir com pouco dinheiro

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é o meio pelo qual os investidores realizam a compra e venda de títulos públicos. Tais títulos possuem renda fixa, com remuneração e prazo já estabelecidos no momento da compra. O investidor recebe juros baseados na variação da taxa Selic, atualmente em 5,50% ao ano. Além disso, o Tesouro Direto também apresenta liquidez diária, possibilitando ao investidor que resgate o valor investido a qualquer momento.

Atualmente, é possível começar investindo no Tesouro Direto com apenas 30 reais. Esta é uma boa opção para quem quer sair da caderneta de poupança, pois apresenta tanta segurança quanto e ainda é mais rentável. 

Este é um dos investimentos de menor risco no país, com pouquíssimas chances de calote ou perda de dinheiro.

Fundos de investimento

Esta é uma ótima opção para quem tem pouco dinheiro e busca por segurança. Além disso, quem não tem muito tempo, também pode se beneficiar dessa aplicação, pois a responsabilidade do investimento fica a cargo do gestor de aplicação. Entretanto, tome cuidado com as taxas de administração que podem acabar sendo bastante altas.

A maioria dessas aplicações são em investimentos de renda fixa e a rentabilidade vai de acordo com as variações da taxa DI. Os fundos de investimento são vinculados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário) e acompanham os juros aplicados nos empréstimos bancários. Ainda, há liquidez diária e grande parte dos fundos DI não tem prazo de vencimento.

Crédito de Depósito Bancário (CDB)

O CDB também é uma boa alternativa de como investir com pouco dinheiro. Seu funcionamento pode ser explicado de uma maneira bem básica: você faz um empréstimo ao banco, que pode ocorrer de duas formas:

  • Prefixado: baseado na renda fixa, o investidor sabe, desde o momento da aplicação, qual será a rentabilidade no dia do vencimento.
  • Pós-fixado: aqui, a rentabilidade vai depender de fatores externos, como a taxa de juros entre o dia da aplicação e o resgate do título, e a variação da inflação.

Em geral, esses investimentos podem ser feitos a partir de 100 reais. Lembrando que o Imposto de Renda incide sobre o rendimento e deve ser pago no dia do vencimento ou do resgate do título.

Ações

Investir em ações é mais arriscado, mas não deixa de ser uma boa opção, principalmente se você busca uma boa rentabilidade em menor prazo. Muitos ainda guardam a ideia de que só é possível investir na Bolsa de Valores com muito dinheiro, mas isso não é verdade. A realidade é que não há aportes (contribuição financeira que uma empresa recebe de um investidor) mínimos para adquirir lotes de ações.

Na Bolsa, você pode investir no mercado fracionário. Esse tipo de ação é negociado sem lote mínimo e o investidor pode adquirir o quanto de ações quiser. No mercado comum de ações, os ativos são negociados em lotes de 100, mas no mercado fracionário o investidor pode comprar apenas uma ou quantas ações quiser.

Esse tipo de investimento é indicado para quem tem uma reserva de emergência e sabe que não irá precisar de dinheiro a curto prazo.

Crowdfunding

O crowdfunding é um tipo de investimento coletivo, no qual diversos investidores aplicam em um mesmo lugar. Aqui, o investidor faz sua compra diretamente com o empreendedor, sem precisar pagar taxas para um gestor profissional. Além disso, trata-se de um investimento muito transparente, pois é possível saber de forma bastante clara qual o destino de seu dinheiro. 

A rentabilidade do investimento crowdfunfing é bastante alta, podendo chegar a 20% ao ano. Além disso, não há oscilação de cotas, não permitindo que o valor varie de acordo com a demanda pelo papel.

Nós da INCO facilitamos seus investimentos em crowdfunfing. Você pode começar com apenas 1000 reais. Para começar a investir com a INCO, é muito fácil, basta seguir o passo a passo abaixo:

  • Passo 01: Complete seu cadastro;
  • Passo 02: Selecione o empreendimento mais adequado ao seu perfil de investidor;
  • Passo 03: Faça a reserva de seu investimento com o valor que deseja investir;
  • Passo 04: Assine o contrato digitalmente;
  • Passo 05: Gere o boleto e efetue o pagamento. Em breve nossa equipe confirmará o pagamento e mudará o status da sua reserva para confirmada;
  • Passo 06: Aguarde a confirmação do sucesso da captação;
  • Passo 07: Confirmada a captação o seu contrato estará validado e seu investimento confirmado;
  • Passo 08: Agora está tudo pronto, acompanhe seu investimento na sua página do investidor e aguarde até o recebimento dos seus rendimentos.

Conclusão

Viu como é fácil investir? Não é necessário muito dinheiro nem tampouco muito conhecimento. Por isso, não há mais desculpas para ficar adiando algo que pode ser feito hoje mesmo. Lembrando que, o quanto antes você começar, mais experiência você irá adquirir e poderá diversificar seus investimentos.

Se você quiser saber outras opções de investimento com 1000 reais, confira nosso material clicando na imagem abaixo.

como investir 1000 reais

Publicações relacionadas