Você sabia que entender como funciona a Regra dos 80 pode te ajudar a garantir mais resultados nos seus investimentos?

Conhecido como Princípio de Pareto, a Regra dos 80 ensina que 20% da sua carteira de investimentos será responsável por 80% dos resultados.

Se você não conhece a Regra dos 80 é bem provável que ainda não tenha obtido muito sucesso nos seus investimentos. 

O sucesso do investimento depende de alguns critérios, como a simplicidade de sua estratégia de investimento e diversificação de carteiras.

Para entender melhor como funciona a Regra dos 80 no mundo dos investimentos, preparamos este artigo para você. Boa leitura!

Antes, aproveite e assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo sobre o mercado financeiro.

Entenda o que é o princípio de Pareto

O princípio de Pareto, também conhecido como regra 80/20, é um conceito que afirma que, em muitas áreas da vida, 80% dos efeitos vêm de 20% das causas, ou que 80% dos resultados podem ser alcançados com 20 % do esforço. 

Em alguns casos, as distribuições observadas podem estar mais próximas de 90/10 ou 70/30, mas o conceito geral é que, geralmente, é possível alcançar a maior parte do resultado potencial concentrando-se nas poucas coisas que fornecerão os melhores resultados.

Quando se trata de investir, muitas pessoas podem, de fato, perceber que 80% de seus retornos de investimento vêm de apenas 20% de suas alocações de ativos.

Mas, a regra 80/20 não tem a diretamente com a alocação de ativos. É mais amplo do que isso. O objetivo é obter o maior retorno possível.

O investimento da regra 80/20 significa ter um investimento inteligente. Em sua essência, a regra 80/20 exige que você reconheça os melhores ativos e use para obter o máximo de retorno.

Para fazer isso, você não precisa de matemática complexa, é apenas uma regra.

Quando os mercados estão supervalorizados, por que você tem que comprar? O risco de perda supera o retorno potencial, certo?

A estratégia de investimento 80/20 reduzirá os níveis de volatilidade e reduzirá os saques. Seus ativos irão realmente “se acumular” a longo prazo.

A regra dos 80, também conhecida como regra dos 80/20, basicamente consiste em uma forma menos arriscada de apostar na renda variável.

Saiba aqui o que é renda fixa e variável e como investir com sabedoria.

Aqui estão as 3 principais maneiras de aplicar a regra de investimento 80/20 às suas finanças e investimentos

1. Assuma o controle de suas finanças 

Quando se trata de dinheiro, a maioria de nós acaba não dando tanta atenção no que se refere às decisões que poderão nos levar à liberdade e à independência financeira.

Muitos não monitoram o que ganham nem para onde o dinheiro está indo. E, assim, muitas vezes ao receber o salário do mês, o dinheiro desaparece, escorre pelas nossas mãos como água, e mal sabe-se o que foi feito com ele.

Economizar para o futuro é, sim, um desafio, pois requer fazer uma troca consciente entre nossos desejos atuais e nossas necessidades futuras.

Embora saibamos que economizar é importante, muitas vezes justificamos que é difícil fazer “no momento”. 

Fato é que, assumir o controle das finanças requer guardar dinheiro para algum futuro desconhecido, às custas de viver hoje. Isto é, abrir mão do agora para garantir o futuro financeiro.

A melhor maneira de economizar para o futuro é pagar a si mesmo primeiro. Como?

Basta usar a Regra 80/20 na prática. Descubra!

Como aplicar a Regra 80/20?

A regra 80/20 visa a simplicidade. Para usá-lo, multiplique o seu pagamento líquido por 0,2. O resultado é quanto você deve investir. Por exemplo, se o seu salário líquido é de R$ 1.800 você deve separar R$ 360 para investir, assim que receber o pagamento. Isso deixa você com R$ 1.440 para suas despesas e gastos.

Sendo assim, quando chegar o dia do pagamento, adquira o hábito de pensar que apenas 80% do seu salário líquido é para gastos.

Essa etapa gera um sacrifício maior, e pode ser um desafio ajustar-se à regra no início, mas você verá diferença quando começar a ver resultados.

2. Mude sua mentalidade sobre o dinheiro

Sua mentalidade sobre o dinheiro deve se estender além dos limites de sua vida pessoal e entrar em seus pensamentos gerais em relação às finanças. 

Mudar sua mentalidade sobre as finanças revela a maneira como você gerencia, economiza, gasta e investe seu dinheiro. Quando você compreende melhor sua perspectiva em relação ao dinheiro, começa a ver de onde vêm seus hábitos financeiros.

Além disso, mudar a mentalidade sobre dinheiro influencia seus pensamentos e ações, o que pode ter tanto consequências positivas como negativas.

Alguém com uma mentalidade saudável para o dinheiro, provavelmente, se sente mais confiante, seguro, bem informado e com energia para sua vida financeira. Alguém com uma mentalidade financeira negativa pode se sentir ansioso, reservado ou desconfortável com sua situação financeira. 

Faça a si mesmo algumas perguntas para ajudar a esclarecer como está a sua mentalidade sobre o  dinheiro: 

  • Como você se sente em relação a sua situação financeira?
  • Você se sente à vontade para conversar com seu cônjuge, pais, amigos etc. sobre questões financeiras?
  • Você gosta de seus hábitos financeiros?
  • Você está seguro em relação ao seu futuro financeiro?
  • Você costuma comparar sua situação financeira com a de outras pessoas?
  • Você está confiante de que pode atingir seus objetivos financeiros?

Essas perguntas ajudam a revelar como você vê e pensa a respeito do dinheiro. 

Descubra como aumentar a rentabilidade dos investimentos com 7 dicas práticas. Saiba como aqui.

3. Tome decisões de investimento mais inteligentes

Para ser um investidor de sucesso, você só precisa de três coisas:

  1. Educação financeira;
  2. Uma carteira de investimentos bem diversificada;
  3. Paciência.

Isso é melhor ilustrado com uma pequena história: Em 2008, Warren Buffett desafiou Protégé Partners, um lendário administrador de fundos de hedge para uma competição. Ambos investiriam US $ 1 milhão por dez anos e veriam quem apresentaria o melhor desempenho.

Buffett investiu seu dinheiro no S&P 500, um fundo de baixo custo (o equivalente americano do FTSE100). Ele não fez nenhuma alteração, nenhuma compra ou venda.

Protégé escolheu a dedo uma carteira de fundos de hedge de alto custo, os quais eram administrados por investidores experientes, que procuravam entrar e sair do mercado com precisão. Eles usaram várias estratégias sofisticadas e classes de ativos.

Então, como eles se comparam? Ao final de dez anos, o investimento simples de baixo custo de Buffett valia U$ 2,2 milhões. Em comparação, o investimento sofisticado de alto custo da Protégé foi de U$ 1,36 milhão.

Vale a pena usar a regra dos 80 na hora de investir?

Já deu para entender que a regra 80/20 é uma das estratégias de gerenciamento mais comuns. Seu objetivo? Ajudá-lo a se concentrar no que é realmente importante.

Portanto, a regra dos 80/20 é um ótimo ponto de partida para quem deseja começar a investir e/ou economizar. 

A regra de investimento norteia quem está começando a investir, portanto, depois de atingir 80/20, você pode ir mudando seus investimentos para 70/30 e depois 60/40. 

Lembre-se que à medida que seus investimentos se tornam rentáveis, a sua flexibilidade e oportunidade também aumentam.

Apenas concentre-se no que é importante

Se há algo que quero que você tire desse artigo é que você realmente precisa ter a mentalidade do que é a regra 80/20 para aplicá-la conforme seu perfil de investidor

Não desanime com todos os pequenos detalhes sobre o investimento – eles representam apenas cerca de 20% dos resultados de qualquer maneira. Concentre-se no que é realmente importante: diligência, diversificação e paciência.

Conclusão

Lembre-se de que a regra 80/20 é uma regra geral. Entretanto, seus resultados podem variar e você pode ter prioridades financeiras que não se enquadram nessa diretriz. 

Porém, como todas as regras básicas, é um ponto de partida para começar a investir e/ou economizar, e ao longo do tempo você pode ajustá-lo para atender às suas necessidades individuais. 

Sabemos que investir, por definição, significa arriscar no futuro. Uma vez que não podemos prevê-lo, construir um portfólio diversificado com classes de ativos que tragam segurança e boa rentabilidade ainda é o caminho mais seguro a seguir.

É o caso do investimento coletivo, uma modalidade de investimento segura que oferece uma rentabilidade superior aos títulos de renda fixa com retorno de variável.

Seu sucesso financeiro depende apenas de algumas decisões.

Por isso, aprenda aqui como começar a investir com apenas R$1.000 no crowdfunding imobiliário. 

Se você gostou das dicas desse artigo e quer aprender mais sobre como funciona o mundo dos investimentos, continue acompanhando nosso conteúdo assinando nossa newsletter. Clique aqui.

Aproveite também e baixe gratuitamente o E-book com tudo o que você precisa saber sobre o mercado financeiro. Clique aqui.

Publicações relacionadas