Você já pensou que é possível fazer compras e receber parte do dinheiro de volta?  Essa é a premissa do cashback. Apesar de ser muito comum em outros países, o  cashback é uma tendência relativamente nova no Brasil.

Na maioria das vezes, os descontos são a razão mais tentadora para quem compra. Porém, não confunda, o cashback não é sinônimo de desconto.

A diferença dos programas de cashback para os programas tradicionais é que o benefício do cashback aparece em bônus ou em dinheiro na conta corrente do cliente. Esse dinheiro, normalmente, não tem data de expiração, diferentemente das milhas e pontuações.

Por isso, os varejistas de e-commerce têm adotado esse modelo de compras do dinheiro de volta, em vez de descontos instantâneos, para incentivar os clientes a fazer compras utilizando seus cartões de débito ou crédito para obter retornos adicionais.

Neste artigo vamos entender como o cashback pode ser um degrau na escada para a sua independência financeira, e quais são os aplicativos que podem te ajudar a ter dinheiro de volta.

Antes de iniciar, o que você acha de conferir nosso curso sobre planejamento financeiro e saber as melhores formas de aplicar seu dinheiro? É só clicar aqui.

CURSO PLANEJAMENTO FINANCEIRO INCO

O que é Cashback?

Sempre que você gasta usando um cartão que oferece reembolso ou em um site que tenha programas desse tipo você recebe uma porcentagem do seu dinheiro gasto de volta – o chamado cashback (ou, da tradução do inglês, dinheiro de volta).

O cashback é basicamente recuperar parte do seu dinheiro depois que você comprou algo. Normalmente, serve para compras on-line, mas às vezes também para compras em lojas físicas.

Diversas empresas, principalmente no nicho do e-commerce, estão adotando a cultura do dinheiro de volta forçadas pela grande demanda do público, pela crescente concorrência no mercado e pelas empresas de financiamento.

De acordo com o portal de ofertas Cuponomia, cupons de desconto e cashback movimentaram mais de R$ 1,5 bilhão no e-commerce no primeiro semestre de 2020, período impactado pela quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus.

O cashback é, portanto, uma solução prática, fácil e bastante escalável para conseguir promover ofertas e valor aos consumidores.

É seguro comprar em sites de cashback?

Segundo pesquisa da Nielsen Global mais da metade dos participantes de programas de fidelidade globais (51%) dizem que descontos estão entre os benefícios mais valorizados, seguidos por recompensas monetárias na forma de reembolso ou devolução de dinheiro (45%).

Para comprar com segurança em sites de cashback basta se atentar às seguintes medidas:

  • Verifique a credibilidade da empresa: se for uma empresa que você não conhece, entre no Reclame aqui e avalie os comentários negativos;
  • Leia atentamente as regras e termos de uso;
  • Observe a discrepância de valor e descontos na hora da compra.

Alguns e-commerces conhecidos já fazem parte de programas de cashback: Lojas Americanas, Submarino, Amazon, Ifood, Uber, Rappi, Decolar, Booking, entre outras marcas.

Conheça os 5 apps de cashback mais populares

Vamos listar alguns aplicativos de cashback mais populares e que podem te ajudar a economizar dinheiro. Ah, e lembre-se: todos aplicativos estão disponíveis para Android ou IPhone (iOS).

1. Méliuz

O Méliuz é a maior empresa de cashback do Brasil e é afiliada à diversas lojas on-line, desde supermercados à grandes e-commerces. Ele também é parceiro de diversas redes de lojas físicas em várias cidades do país, e oferece dinheiro de volta na compra de produtos específicos em qualquer estabelecimento.

2. Beblue

O BeBlue é também um dos mais populares aplicativos de cashback e possui crédito sem anuidade ou taxas. O serviço requer uso de cartão de créditos/ou débito das bandeiras Visa ou Mastercard e funciona em várias cidades do Brasil.

3. PicPay

O PicPay é uma carteira digital que permite fazer e receber pagamentos pelo celular. A ferramenta permite realizar transações bancárias on-line, pagar e parcelar boletos, comprar crédito de celular, sacar e transferir dinheiro e, é claro, que a cada serviço realizado o usuário recebe o serviço do dinheiro de volta.

4. Ame digital

O Ame digital é um aplicativo que oferece o serviço de cashback. Comprando a partir dele em determinadas lojas, uma porcentagem do pagamento retorna ao usuário, que pode utilizá-lo depois em transações dentro do app. Também é possível pagar e fazer transferências entre contas Ame usando o QR Code.

5. Cashback World

O Cashback World é um aplicativo voltado, exclusivamente, para o sistema cashback. Além de devolver parte do dinheiro, o aplicativo disponibiliza diversas formas de promoções e notícias de primeira mão referente aos produtos de empresas filiadas.

Breve História do cashback

O Cashback foi uma criação da cadeia de supermercados britânica Tesco. Eles estavam procurando maneiras de reduzir a quantidade de dinheiro que mantinham na loja, percebendo que armazenar muito dinheiro no local os tornava vulneráveis a roubos e aumentava suas taxas quando o dinheiro era processado no banco. 

Uma vez introduzido, o reembolso foi um enorme sucesso entre os consumidores e outros grandes varejistas que rapidamente o adotaram.

No Brasil, a primeira empresa a adotar o cashback foi o Méliuz, em 2011. Hoje ela já tem mais de 2,5 mil estabelecimentos parceiros em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Brasília e Porto Alegre. A partir daí diversas empresas têm aderido ao programa de cashback no país.  

Como funciona o cashback?

O cashback funciona da seguinte forma: imagine que você possui um cartão de crédito ou compra em uma loja com uma taxa de reembolso de 1% em todas as compras e usa esse cartão para comprar um smartphone no valor de R$2.000. Você receberá 1% de R$2.000, ou seja, ganhará R$ 20 de volta.

Inicialmente, não parece ser uma grande quantia de dinheiro (ou vantagem), mas a ideia é boa quando você pensa que, quando você compra algo, você ganha algo em troca.  Ou que esse dinheiro pode se tornar uma nova forma de reservar dinheiro para emergências, por exemplo.

Talvez você se pergunte: por que os bancos e as marcas estão se afastando dos descontos instantâneos e adotando o cashback?

É que oferecer descontos instantâneos é mais caro. Se o banco oferece desconto direto, precisa pagar o valor oferecido ao varejista no momento da compra.  Se o cashback estiver sendo oferecido por um banco, por exemplo, esse dinheiro será creditado na conta do cliente após um certo período de tempo. 

No entanto, quando os bancos oferecem devolução em dinheiro, eles pagam o desconto oferecido ao varejista ao mesmo tempo, mas mantêm o dinheiro dos clientes por um período especificado e prometem creditar o valor da devolução na conta bancária após esse período.  Durante esse período, os bancos investem esse dinheiro para gerar receita excedente.

Cashback realmente vale a pena?

É importante observar que o cashback é oferecido principalmente por cartões de crédito. Dependendo do que você escolher, pode incluir taxas mensais e taxas de atraso no pagamento, caso o cliente não consiga pagar a fatura do cartão de crédito mensalmente.

Não se esqueça: diferentes programas de cashback permitem que você obtenha o reembolso em uma variedade de revendedores selecionados. Por isso, é importante encontrar um programa adequado aos seus hábitos de consumo.

Vantagens do Cashback 

As estatísticas mostram que 79% dos profissionais de marketing usam marketing de afiliados para gerar conversões e aumentar suas vendas.

Indo em direção semelhante, os sites de cashback oferecem recompensas interessantes e ofertas lucrativas para os clientes. Como um usuário é direcionado aos varejistas por meio desses sites de reembolso, há grandes chances de conversão desse potencial comprador.

Os sites que oferecem o programa do cashback direcionam os clientes aos sites de compras, onde é feita a compra e o pagamento. E por levar o consumidor à loja on-line, o serviço de cashback recebe uma comissão e depois divide parte do valor com o comprador.

Isso facilita tanto para o lojista ter o controle desses pagamentos – pois precisa enviar o dinheiro para apenas uma empresa, em vez de milhares de pessoas -, quanto para o consumidor, que pode fazer compras com o cashback.

Assim, o programa de cashback pode ajudar a economizar dinheiro, uma vez que essa modalidade de pagamento devolve parte do valor para o consumidor, que pode investir em novos projetos, para garantir um fluxo de caixa para o futuro e ter uma estabilidade financeira.

De maneira geral, para quem deseja criar novos hábitos relacionados à economia e investimentos o cashback tornou-se um importante aliado, pois o cliente passa a pesquisar mais para fazer suas compras e se torna mais seletivo diante das ofertas, além de lidar melhor com seu dinheiro.

Mas por que as empresas fazem isso? 

Os programas de fidelidade são responsáveis por grande parte de retenção no varejo. Isso significa que para as empresas é vantajoso ter programas de Cashback como meio de fidelizar e conseguir transações com custo baixo.

Conclusão 

Vimos que o programa de cashback tem se tornado uma tendência no Brasil, e tem beneficiado tanto consumidores quanto empresas.

Para as empresas é uma ótima oportunidade para aumentar as vendas, aumentar o volume através de seus canais e recompensar os clientes, tornando-se uma estratégia de fidelização. E para os consumidores é uma forma fácil de ganhar e economizar dinheiro com tranquilidade e segurança.

Você quer conhecer as melhores investimentos para seu objetivo de vida?Confira nosso material especial sobre o assunto.

investimentos para cada objetivo de vida


Publicações relacionadas