Saber usar o cartão de crédito é fundamental para não se enrolar e ter dívidas. Graças a ampliação do crédito a partir do início dos anos 2000, o pagamento em cartão de crédito tornou-se uma das formas mais usuais de efetuar compras pelos brasileiros.

Apesar disso, grande parte dos consumidores ainda não sabe usá-lo da forma correta e acabam transformando sua vida financeira numa boa de neve por falta de planejamento financeiro.

No artigo de hoje vamos te ensinar como não se enrolar com o cartão de crédito e acabar entrando em dívidas. Boa leitura!

Antes, queremos que você saiba que para determinar certas prioridades financeiras é importante definir seus objetivos de vida. Quer saber como? Baixe nosso Ebook gratuitamente aqui.

investimentos para cada objetivo de vida

5 Dicas de como usar o cartão de crédito de maneira inteligente

É evidente que o cartão de crédito tem dois lados: ou é seu amigo ou pode se tornar seu maior inimigo, não é? 

Isso porque para quem é organizado com as finanças pode ter o cartão de crédito como um facilitador para acumular milhas de viagens, aproveitar os cashbacks, fazer compras on-line, etc.

Já para quem ainda tem pouca disciplina financeira pode ser uma fonte de dívidas e deixar a vida virar uma bola de neve. Por isso, separamos algumas dicas para você aprender a se controlar financeiramente e ainda tirar vantagens do cartão de crédito. Confira.

1. Cartão de crédito ou cartão de débito: o que é melhor?

Tudo depende de sua organização financeira. As duas formas de pagamento apresentam pontos prós e contras, e o ideal é analisar cada uma e, principalmente, a situação da sua vida financeira.

Então, qual escolher: cartão de crédito ou débito? Vamos descobrir.

Cartão de débito

 Ao usar o cartão de débito você deve estar ciente que será feito um saque direto na sua conta; ou seja você tem o dinheiro na conta e pode pagar à vista.

Essa solução é muito boa para compras do dia a dia, pois favorece o controle financeiro evitando excessos e gastos desnecessários. Mas é muito importante registrar esses gastos para poder fazer um balanço no final do mês.

Outra vantagem para efetuar uma compra em débito é que você pode negociar um desconto no produto pelo qual você está fazendo negócio. Por isso, sempre pesquise e pergunte ao fornecedor se há algum abatimento no valor caso ele seja pago no débito.

Outra ponto em usar o cartão de débito é que você, tendo organização financeira, fica livre de qualquer dívida para os próximos meses.

Cartões de crédito

Diferente dos cartões de débito, os cartões de crédito, muitas vezes, estão vinculados a programas de pontos com as instituições financeiras. E para quem usa com frequência esses programas funcionam de forma simples, seguindo a lógica de quanto mais você gasta, mais pontos ganha.

Desta forma o usuário do cartão de crédito pode  trocar os pontos por produtos, milhas ou serviços exclusivos. Sendo assim, o uso inteligente do cartão de crédito pode oferecer benefícios extras para os usuários.

Como usar o cartão de crédito sem se endividar: é possível?

Para usar o cartão de crédito sem se endividar aconselhamos a nunca pagar apenas uma parte da fatura, ela deve ser sempre paga integralmente.

Isso porque o crédito rotativo pode parecer uma boa medida quando a conta aperta, mas não se engane, apesar de ser facilmente oferecido ao consumidor como um crédito emergencial, ele tem juros altos e pode gerar muita dor de cabeça.

Além disso, os juros cobrados pelos bancos e operadoras de cartões de crédito são as modalidade mais cara do mercado. Segundo dados retirados do site do Banco Central as taxas de juros anuais do cartão de crédito rotativo são variadas e chegam a 790%.

Por isso, é preciso tomar cuidado para que você não faça despesas excessivas e entre no vermelho com o cartão de crédito, pois uma vez que o cliente fica inadimplente, ele perde os direitos aos benefícios do cartão.  

Fica o alerta: todo cuidado é pouco na hora de se endividar com os cartões.

2. Controle financeiro: como o cartão de crédito pode me ajudar

Para quem possui uma vida financeira estável e autocontrole na hora das compras, o cartão de crédito pode ser uma bom amigo. 

Sendo assim, se você tem disciplina e controle financeiro, concentrar todos os gastos no cartão de crédito pode ser uma ótima ideia para acumular pontos e aproveitar as opções em milhagem.

Além disso, gastar apenas ou preferencialmente no cartão de crédito pode servir de controle para você saber o quanto está gastando. 

Como já falamos acima, a hipótese que você deve usar para não pagar no crédito deve ser quando tiver um bom desconto à vista.

Portanto, usar o dinheiro de plástico de maneira responsável pode ser um aliado no seu controle de gastos e financeiro.

Por outro lado, para quem não tem muito planejamento financeiro ou compra por impulso, é importante ter um limite de crédito mais baixo, pois assim você não perde o controle nem transforma sua vida financeira em uma bola de neve.

Podemos ver então que, quem tem uma boa relação com o cartão de crédito não vai se enrolar com ele, não é mesmo?

3. Opção de cashback

Alguns cartões de crédito oferecem a opção de cashback. Isso significa que ao usar o cartão parte do seu gasto é reembolsado na sua fatura.

Imagine gastar no cartão e ainda ter a possibilidade de receber uma parte do dinheiro de volta? 

Como já falamos em um artigo anterior, o cashback pode ser um degrau na escada para a sua independência financeira, pois pode te ajudar a poupar para investir.

Se você quer aprender a investir e não sabe como, aprenda aqui as melhores dicas para começar com o pé direito. Clique aqui.

4. Cartão de crédito com anuidade: mau negócio

Outro ponto para quem deseja usar o cartão de crédito é fugir de instituições que cobram taxas e anuidades. Se você não sabe, você tem direito a ter um cartão de crédito sem cobrança de taxas e anuidades, mas para isso existem regras que são simples e para quem quer economizar vale muito a pena. 

Não se iluda: a anuidade que você paga serve única e exclusivamente para ir para os cofres das instituições bancárias. O dinheiro que você paga de anuidade de cartão de crédito poderia ser investido em empresas de investimentos que permitem bons rendimentos.

Cartões internacionais também costumam apresentar anuidades altas, e algumas pessoas possuem esses cartões mesmo sem ter a intenção de viajar para o exterior. Portanto, é hora de negociar taxas e anuidades de cartões de créditos. Atualmente, você não precisa realizar esses pagamentos para ter bons cartões de crédito. Há diversas instituições financeiras que oferecem cartões de crédito sem anuidade e com diversos benefícios.

5. Tenha sempre uma estratégia para comprar com cartão de crédito

Você tem que aprender a registrar todas as despesas realizadas no cartão de crédito. Dessa forma, você vai começar a perceber para onde está indo seu dinheiro, e facilitará na hora de elaborar seu planejamento financeiro.

O ideal é que você faça seu planejamento financeiro antes de utilizar o cartão de crédito. Atente-se ao limite do seu cartão de crédito. O recomendado é que o limite do cartão seja de, no máximo, 50% do seu salário.

Agindo assim, você pode se programar e saberá quanto pode gastar no cartão de forma saudável sem riscos de endividamento, podendo inclusive controlar os gastos a fim de ter dinheiro para pagar o valor total da fatura na data do vencimento.

Para as despesas do dia a dia, como já falamos por aqui, prefira comprar sempre com dinheiro, pois ao ver o dinheiro saindo do bolso você refletirá mais sobre a necessidade da compra. É importante ressaltar também que ter apenas um cartão de crédito, facilita bastante no planejamento e controle de gastos.

Conclusão

Como você pode ver as palavras de quem usa cartão de crédito são: disciplina e planejamento. Observamos também que é possível usar o seu cartão de crédito para fazer sua grana render e também acumular vantagens.

Mas é preciso ficar atento para saber quando o uso do crédito se tornará um problema em sua vida.

A questão aqui é que muitas pessoas acabam se esquecendo que ao usar o cartão de crédito devem gastar apenas o essencial, para não chegar no final do ano devendo o banco e entrando o novo ano no vermelho. 

Por isso, analise sempre qual seu perfil, se você for do tipo que compra por impulso, comece a avaliar os prós e contras de ter o cartão de crédito. Do contrário, usufrua do cartão de crédito como um aliado para tornar sua vida financeira melhor.

Tudo o que fizer no que se refere à suas finanças requer estudo e disciplina. Uma ótima dica é fazer um curso de planejamento financeiro para você aprender a visualizar e controlar seu orçamento. Deseja saber como? É só clicar aqui. É gratuito!

CURSO PLANEJAMENTO FINANCEIRO INCO

Publicações relacionadas